Universidade Presbiteriana Mackenzie

Escola de Engenharia

Departamento de Engenharia Civil

 

Prof. João Cucci Neto

 E M E N T A 

Principal

Aulas

Roteiro do trabalho
Leituras complementares
Leis & Manuais
Links
Curiosidades
Humor
Mapa
Contato

1o Semestre de 2.014

Disciplina: ENGENHARIA DE TRÁFEGO URBANO (código: 010.1076-1 / no de créditos = 4)

A disciplina “Engenharia de Tráfego Urbano” faz parte da grade do curso de graduação em Engenharia Civil da Universidade Presbiteriana Mackenzie. Para cursá-la, portanto, é preciso ser aluno matriculado na Escola de Engenharia. Entretanto, a consulta e cópia do material disponível nesta página são livres a todos os interessados no assunto.

     Conteúdo da ementa:

                         1. Objetivo do curso

                         2. Estrutura do curso

                         3. Material didático

                         4. Programa básico

                         5. Outras atividades

                         6. Bibliografia

 

1. OBJETIVO DO CURSO

 

 

Proporcionar a formação teórica e prática básica para o desenvolvimento das atividades profissionais do engenheiro civil em relação aos projetos de sinalização viária, à operação do tráfego urbano, à gestão e ao planejamento do transporte urbano de passageiros.

 

 

2. ESTRUTURA DO CURSO

 

2.1. Organização das aulas

 

O curso tem 4 aulas semanais: 2 de teoria e 2 de projetos (ambas aulas duplas). Cada aula recebe uma numeração sequencial conforme abaixo:

 

     - aulas de teoria, numeração ímpar (Aula 1, Aula 3 etc);

     - aulas de projetos, numeração par (Aula 2, Aula 4 etc).

 

As aulas de teoria e de projetos tem organização independente. O primeiro dígito da numeração de capítulos e tópicos corresponde ao número da aula em questão; ou seja, os itens da Aula 1 são identificados por 1.n, os da Aula 2, por 2.n e assim por diante.

 

As aulas serão ministradas nos seguintes horários e salas:

 

     - Turma A: aula de teoria, às quartas-feiras, das 21h40 às 23h10 (horários 19-20), sala 301/4; 

 

     - Turma B: aula de teoria, às quintas-feiras, das 18h30 às 20h00 (horários 15-16), sala 203/4;     

 

     - Turma A12: aula de projeto, às quintas-feiras, das 21h40 às 23h10 (horários 19-20),  sala 215/6;

 

     - Turma B11: aula de projeto, às quartas-feiras, das 20h05 às 21h35 (horários 17-18),  sala 301/4;    

 

     - Turma B12: aula de projeto, às quartas-feiras, das 18h30 às 20h00 (horários 15-16),  sala 301/4.

       

O professor só está na escola durante os horários acima. Contatos poderão ser feitos nessas ocasiões ou via e-mail

 

2.2. Avaliação

 

A avaliação do aluno no curso é composta por provas semestrais e um trabalho prático.

 

2.2.1. Provas semestrais

 

Provas previstas: 

 

- Prova 1 (PAIE): será realizada durante o período de 12 a 22 de maio, em data a ser marcada pela Diretoria;

- Prova Final (PF): será realizada durante o período de 2 a 12 de junho, em data a ser marcada pela Diretoria.

 

O conteúdo da Prova 1 inclui a matéria até a aula de teoria anterior à prova. Na Prova Final toda a matéria entra na avaliação.

 

2.2.2. Trabalho prático

 

Há um trabalho, que pode ser feito em dupla ou individualmente. O trabalho terá um padrão a ser atendido, conforme roteiro distribuído. 

 

2.2.3. Cálculo da média final (MF)

 

         MI = (0,5 PI + 0,5 NT) + NP;

 

         MF = (0,5 . MI) + (0,5 . PAFE);

 

         onde: MI = média intermediária; PI = nota da Prova Intermediária; NT = nota do trabalho prático; NP = nota de participação (varia de 0 a 1) e PAFE = nota da Prova Final.

 

 

3. MATERIAL DIDÁTICO

 

3.1. Código de Trânsito Brasileiro

 

É recomendável que o aluno traga um exemplar do Código de Trânsito Brasileiro - CTB nas aulas de projetos. Existem exemplares do CTB na biblioteca da Faculdade de Direito e é possível encontrar edições de baixo custo em bancas de jornal. Porém, deve-se ficar atento para que a edição do CTB inclua os textos completos dos artigos e os Anexos I e II. Não servem edições comentadas ou que só tragam parte do texto original. Na dúvida, consulte antes o professor. Pode-se, ainda, baixá-lo pela  página da disciplina.

 

3.2. Notas de aula

 

O curso ainda não dispõe de apostila. Porém, o aluno não fica sem um texto-base para o estudo. As aulas são ministradas com o apoio de slides, que contém as principais informações sobre os tópicos abordados (notas de aula), cujo conjunto forma um roteiro de estudo. Os slides das aulas estão disponíveis para download na página da disciplina. É bom lembrar que a cada novo semestre todas as aulas são revisadas e podem ocorrer variações em seu conteúdo e numeração. Desse modo, não se recomenda a utilização de slides de semestres anteriores. Outras referências para estudo estão nas leituras complementares, cujos textos abrangem temas variados discutidos nas aulas. Ainda como referência, são indicadas no item seguinte, Bibliografia, as obras nas quais o programa da disciplina foi fundamentado e as que estão disponíveis na Biblioteca da Faculdade.

 

 

4. PROGRAMA BÁSICO

 

Sinalização viária – normas de projeto; características do tráfego; variáveis do trânsito; relações básicas; sistemas de controle; segurança de trânsito; relações entre o trânsito e o meio ambiente.

 

 

5. OUTRAS ATIVIDADES

 

Durante o horário de uma das aulas de projetos poderá ser realizada uma visita técnica à central de controle da Companhia de Engenharia de Tráfego – CET. O trabalho prático inclui várias vistorias em campo, conforme solicitado no roteiro.

 

 

6. BIBLIOGRAFIA

 

A seguir estão relacionadas as principais obras utilizadas na elaboração das aulas (subitem 6.1). O código entre parêntesis é a referência sob a qual a publicação foi catalogada na Biblioteca da Engenharia. O subitem seguinte (6.2) traz um levantamento de outros livros, revistas, vídeos e CD-Roms importantes para a disciplina entre os disponíveis na Biblioteca da Engenharia.

 

6.1. Referências bibliográficas:

 

6.1.1. Código Brasileiro de Trânsito. 

 

6.1.2. Aplicação da Engenharia de Tráfego na Segurança dos Pedestres. João Cucci Neto. Dissertação de mestrado. Poli/USP, S.Paulo, SP, 1996.

 

6.1.3. Segurança de Trânsito – Aplicações de Engenharia para Reduzir Acidentes. Philip Anthony Gold. Banco Interamericano de Desenvolvimento, Washington, 1998 (363.125.G618s).

 

6.1.4. Circular É Preciso, Viver Não É Preciso. Eduardo Alcântara Vasconcellos. Annablume-Fapesp, S.Paulo, 1999 (388.4131 V331c).

 

6.1.5. Projeto e Implantação de Sinalização Estatigráfica. Notas de aula. Silvana di Bela et al. PECE – Poli/USP, S.Paulo, 1999.

 

6.1.7. Introdução à Engenharia de Tráfego. Hugo Pietrantônio et al. Poli/USP. S.Paulo, 1999. 

 

6.1.8. Fluxo de Veículos e Capacidade Viária. José Reynaldo A. Setti. Escola de Engenharia de S. Carlos/USP, S.Carlos, 2001.

 

6.1.9. Manual Brasileiro de Sinalização de Trânsito - sinalização de áreas escolares. Ministério da Justiça, Denatran, Brasília, DF, 2.000.

 

 

6.2. Obras existentes na Biblioteca da Engenharia (além das referenciadas no item 6.1):

 

Notas:

 

- as referências bibliográficas estão disponíveis na biblioteca da Engenharia Civil (as exceções aparecem em itálico); 

 

- cada referência traz em negrito o código de chamada da Biblioteca.

 

        6.2.1. Livros

 

1) Código de Trânsito Brasileiro. Vários exemplares disponíveis na Faculdade de Direito.

 

2) 338.314 H638. Highway Capacity Manual - HCM, 2.000. Highway Research Board, EUA. Washington, D.C., 2.000. Obs.: a Biblioteca possui uma edição de 1965, sob código 625.7 E57H.

 

3) 711.75 M82I. Introduction to Transportation Engineering and Planning. Morlok, E. K. Tokyo, McGraw-Hill, 1978 (Biblioteca da Arquitetura).

 

4) 625.7 B69M. Fourth Manual of Traffic Engineering Studies. Box, P. C.; Openlander, J.C. Virginia, Institute of Transportation Engineers, 1976.

 

5) 625.79 H65T. Traffic Engineering (2 volumes). Hobbs, F.D. Oxford, Pergamon Press, 1967.

 

6) 625.79 L533E. Engenharia de Tráfego. Leite, J. G. Maderna. S.Paulo, CET, 1980.

 

7) 625.7 G88N 2.. Noções de Engenharia de Tráfego. Grinblat, B.M. S.Paulo, CAHL, 1984.

 

8) 625.79 M66N. Noções sobre Planejamento de Tráfego. Ministério dos Transportes. DSV, 1976.

 

9) 388.312 V145i 3ed. Ingenieria de Trafico. Gonzales-Roldan, A. Valdes. Madrid, Libreria Editorial Bellisco, 1988. Obs.: a Bibblioteca possui uma edição de 1971, sob código 625.7 G581.

 

10) 711.7 AN8E. Environmental Management Planning for Traffic. Antoniou, J. London, McGraw-Hill, 1971 (Biblioteca da Arquitetura).

 

11) 625.7 W82T. Traffic System Analysis for Engineers and Planners. Wohl, M.B. New York, McGraw-Hill, 1967.

 

12) 625.79 M42T. Traffic Engineering. Matson, T.M. New York, McGraw-Hill, 1955.

 

13) 625.794 M294. Manual on Uniform Traffic Control Devices for Streets and Highways. Dept. of Transportation, USA. Washington, D.C., 2001. Obs.: a Biblioteca possui uma edição de 1971, sob código 625.79 E28M.

 

14) in 625.79 T73R.. Road Traffic and its Control. Tripp, H.A. London; Arnold. The Roadmakers Library, 1950.

 

15) 625.7 AR3C. Capacidade de Caminos. Argentina, Ministério da Economia. Versão do HCM de 1975.

 

16) 625.725. Estradas de Rodagem: Projeto Geométrico. Pontes Filho, G. IPC/Bidim. S. Carlos, 1998.

 

17) 388.312 T772. Transport Planning and Traffic Engineering. O´Flaherty, C.A. Butterworth-Heinemann, Inglaterra, 2001.

 

18) 625.7 M281p. Principles of Highway Engineering and Traffic Analysis. Mannering, F. L. & Kilareski, W.P. IE-Wiley, 1997.

 

19) 388.4091724 V331t. Transporte Urbano nos Países em Desenvolvimento. Vasconcellos, E. A. Ed. Annablume, 3a ed., 2000.

 

20) 388.3120973 R718t. Traffic Engineering. McShane, W.R. et alli. Pearson, 1997.

 

21) 388.4 V440.2. O que é trânsito. Vasconcellos, E. A. Ed. Brasiliense (coleção Primeiros Passos), S. Paulo, 1992.

 

22) 388.04 B217t. Transport Planning in the UK, USA and Europe. Banister, David. E&FN Spon, Londres, 1994.

 

23) 388.041 M426. Mathematics in Transport Planning and Control. Organizado por Griffiths, J.D. Clarendon Press, Oxford, 1992.

 

24) 625.662 ST5H. Stiel, Waldemar C. EBTU/Pini, S. Paulo, 1984.

 

25) 625.79 M66m. Manual Interamericano -Dispositivos para controle de trânsito. DNER, Rio de Janeiro.

 

26) 711.75 H97P. Principles of Urban Transport Systems Planning. Hutchinson, B.G. (Biblioteca do Prédio 9).

 

27) 625.794021873 T764. Traffic Control Devices Handbook, 2.001. ITE - Institute of Transportation Engineers, Washington, 2.001.

 

28) 625.7250973 A512p. A Policy on Geometric Design of Highways and Streets. 4a ed. AASHTO - American Association of State Highway and Transportation Officials, Washington, 2001.

 

29) Revistas da Associação Nacional de Pesquisa e Ensino em Transportes - ANPET. A Biblioteca possui as edições de Jun/93, Jun/94, Mai/99, Nov/99, Mai/00, Nov/00, Mai/01 e Nov/01. Não tem o código e estão arquivadas na seção de revistas. 

 

6.2.2. Séries da CET disponíveis na Biblioteca

 

a) Série "Notas Técnicas" - edições variadas sobre Tráfego e Transporte. Para detalhes, clique aqui.

 

b) Série "Boletins Técnicos" - livros sobre temas variados sobre Tráfego e Transporte. Para detalhes, clique aqui.

 

6.2.3. Periódicos assinados pela Biblioteca da Engenharia

 

a) Traffic Technology International. Revista bimestral sobre tecnologia aplicada ao trânsito e ao transporte. 

 

b) Accident Analysis & Prevention. Publicação científica que aborda todos os aspectos sobre acidentes e sua prevenção.

 

c) Traffic Safety. Revista bimestral, americana. Traz artigos sobre segurança viária em geral (pedestres, autos, motos, bicicletas, motoristas, passageiros).

 

d) TEC - Traffic Engineering & Control. Revista mensal, inglesa, sobre engenharia e controle de tráfego, que aborda assuntos ligados à tecnologia e segurança.

 

6.2.4. Vídeo disponível na Biblioteca da Engenharia

 

a) O que é trânsito? Produção da BHTrans, baseada no livro de Eduardo Vasconcelos (ver 4.2.1, subítem 21). Dois exemplares, catalogados como vídeos 31 e 32.

 

6.2.5. CD-Roms disponíveis na Biblioteca da Engenharia

 

a) ITE Digital Library. Edição com oito CD-Roms que contém toda a produção de artigos do Institute of Transportation Engineers entre 1970 e 2001. Só para consulta. Sem código de cadastro.

 

b) Manual de Medidas Moderadoras de Tráfego - Traffic Calming. Produção da BHTrans que trata dessa tecnologia ainda incipiente no Brasil para tratamento da segurança de pedestres e veículos. Sem código de cadastro.

 
topo da página
Principal Aulas Roteiro Leituras Leis & Manuais Links Curiosidades Humor Contato